Name: Claudia Emperatriz Díaz García
Type: MSc dissertation
Publication date: 03/03/2017
Advisor:

Namesort ascending Role
Milton Esteves Junior Advisor *

Examining board:

Namesort ascending Role
Milton Esteves Junior Advisor *
Luiz Carlos de Laurentiz External Examiner *
Gisele Girardi External Examiner *

Summary: Os espaços públicos dos centros fundacionais desempenham um papel importante na conformação e consolidação da identidade e das memórias coletivas. A tomada de consciência sobre essa importância e suas implicações na vida urbana tem fomentado a elaboração e execução de programas e projetos destinados à recuperação do patrimônio. A cidade e seus espaços públicos são constantemente modificados em função dos meios de
produção dominantes de cada época. Na defesa pela promoção de espaços públicos que ratifiquem a crença de que “o espaço público é a cidade” e de que deve estar voltado ao exercício pleno da cidadania, este trabalho toma o Centro Histórico da Cidade da Guatemala como exemplo empírico, donde as ingerências dos citados meios de produção têm implicado a perda da sua importância na vida urbana dos cidadãos, levando-lhes a entendêlo como “lugar atrasado”. Tem implicado numa verdadeira “colagem urbana” que, embora fundamentada num discurso em defesa da história e da identidade, provoca uma mistura entre o passado e o presente, entre o antigo e o contemporâneo. Desde as diversas perspectivas de abordagem que a temática permite, esta dissertação parte de uma fundamentação teórica sobre espaço público e vida urbana, aplicando-a numa leitura empírica realizada sobre o bairro central do Centro Histórico da Cidade da Guatemala. O principal objetivo é identificar, analisar e caracterizar as qualidades materiais e imateriais que geram e estimulam contrastes e conflitos urbanos, adoptando-se um método de leitura e avaliação focado em três escalas: 1] uma macroescala, que contempla uma revisão historiográfica de questões nacionais e da área metropolitana da capital guatemalteca; 2] uma mesoescala, que aborda o Centro Histórico da Cidade da Guatemala; e 3] uma microescala, que analisa o espaço público do Cantón Central del Centro Histórico de la Ciudad de Guatemala. Tanto no âmbito teórico como empírico, este trabalho está centrado em diversas controvérsias presentes na vida urbana e coletiva, tais como: direitos e práticas da cidadania e da vida coletiva; o papel das politicas públicas e do planejamento urbano inclusivo; o abandono dos espaços públicos; a negligência dos projetos urbanísticos que priorizam determinados ambientes historicamente privilegiados em detrimento da totalidade urbana. A principal intenção deste trabalho é a de se converter numa agenda aberta de
discussão sobre planos e projetos que atuem como fomentadores e colaboradores no desenvolvimento dos espaços coletivos, pressupondo intervenções plenas e integrais que promovam e garantam a vitalidade urbana e o exercício pleno da cidadania.

Palavras chave: Urbanização. Contrastes urbanos. Espaços públicos. Cidade da
Guatemala. Centro Histórico da Guatemala. Bairro Central.

Access to document

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910