Espaços religiosos, práticas e o seu imaginário em Vitória, Serra e Vila Velha

Resumo: Esse projeto irá mapear espaços (formais, informais e efêmeros) e práticas religiosas em Vitória, Serra e Vila Velha como elementos do imaginário especial religioso. Metodologicamente, o projeto está baseado na análise clássica de Kevin Lynch sobre o espaço urbano, mas, com a ressalva de que seu método é revisado criticamente no contexto brasileiro. A abordagem nesta pesquisa seguirá as análises de Rully Damayanti e Florian Kossak (2016) das contextualizações não-ocidentais da teoria de Lynch.

A hipótese de trabalho desta proposta de pesquisa é que o conjunto de crenças, enraizadas na fé pessoal e na religião a que o usuário pertence, forma a base do arcabouço cultural, político e cognitivo que as pessoas usam ao perceber o espaço urbano. Os principais elementos do arcabouço metodológico que serão utilizados neste projeto foram testados em dois estudos piloto realizados em Sheffield (Reino Unido) e Belo Horizonte (Brasil) em 2018/2019.

Existem duas perspectivas principais sobre como os espaços religiosos podem ser mapeados e analisados em uma cidade. Um deles é focado em elementos de infraestrutura religiosa - edifícios religiosos e locais associados a práticas religiosas específicas usadas por comunidades religiosas. O outro é focado em uma percepção individual e pessoal do espaço em relação a crenças e fé pessoais.
A primeira perspectiva permite mapear e medir o fenômeno espacial existente; o segundo é mais efêmero; concentra-se na percepção (cognitiva) do mapeamento do espaço por atores humanos. Essas duas perspectivas, combinadas, mapeiam o imaginário urbano religioso.

Data de início: 2019-05-14
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Lutero Proscholdt Almeida
Vice-Coordenador Clara Luiza Miranda
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910