Fluxos urbanos (3): arte e arquitetura em lugares de movimento

Resumo: O projeto urbanístico permanece como a problemática que conduz esta terceira etapa da pesquisa Fluxos urbanos: redes territoriais de mobilidade, denominada Fluxos urbanos (3): arte e arquitetura em lugares de movimento. Indaga-se sobre os potenciais e limites do projeto de (re)estruturação urbana de modo articulado as redes de mobilidade das cidades na contemporaneidade, detidamente os movimentos em fluxos de deslocamento da população em curta, média e longa distâncias (intra-urbanas e metropolitanas). Agrega-se a especificidade dos estudos sobre os atributos perceptivos da paisagem de litoral da cidade de Vitória, de modo articulado aos fluxos de deslocamento da população por meio dos modais não motorizados a pé e ciclista. A escala metropolitana do território da Grande Vitória (ES) constitui a baliza territorial de entendimento da questão de circulação e mobilidade urbana da capital de Vitória (campo empírico do trabalho), mediante desenvolvimento de estudos e projetos de intervenção de arte e arquitetura que visem processos de reestruturação e requalificação do espaço urbano, modelados em parte, por meio da aplicação das diretrizes projetuais alcançadas na primeira e segunda fase da pesquisa, e de novos estudos cuja baliza conceitual se dirige a temática sobre a percepção visual da paisagem, específicos da fase 2009-2010 do projeto.

Data de início: 2008-08-01
Prazo (meses): 9

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Martha Machado Campos
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910