Habitação e cidade: situações de conflito, de risco socioambiental e de resiliência

Resumo: Compreende-se a habitação como conjugação entre a unidade habitacional, o território vivido e seu contexto físico-ambiental e técnico. Habita a cidade e o território ampliado à escala global pelas redes sociotécnicas. As questões que movem a pesquisa desde 2009 relacionam-se aos assentamentos precários, a habitação social; o direito a cidade, a participação do usuário/ cidadão e o desenvolvimento urbano. O enfoque do período no período 2014-15 compreende processos de urbanização que colocam a população em situação de risco, destacando causas como a apropriação privada e predatória da natureza, a deficiência ou ausência de planejamento da expansão urbana e a desarticulação entre políticas urbanas e políticas socioambientais. O objetivo é designar e mapear processos urbanos que expressam: situações de risco socioambiental e risco civil; conflitos entre diferentes lógicas de ocupação ou diferentes modos de produção do espaço urbano, ainda disputas entre segmentos sociais com diferentes demandas espaciais.

Data de início: 2014-07-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Clara Luiza Miranda
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910