Sistema de espaços livres e a constituição da esfera pública contemporânea: estudos de caso em metrópoles-cidades e novas territorialidades urbanas brasileiras - o caso de Vitória – fase 6

Resumo: As áreas verdes e os espaços de recreação, como parte do sistema de áreas públicas das cidades brasileiras, encontram-se insuficientes e inadequados diante do dinamismo e ampliação das demandas sociais no processo de urbanização vigente. Este estudo busca desenvolver revisão e aprofundamento teórico sobre a temática dos espaços livres, visando a construção de quadro conceitual que fundamente a investigação relacionada à Vitória. O caráter de integração sistêmica dos espaços livres tem base em Santos (1985 e 1996) e a conceituação destes espaços em Macedo et alii (2005) e Carneiro e Mesquita (2000). As cinco fases do estudo trataram das seguintes questões: 1. conceitos gerais, à luz da tipologia de espaços públicos identificados em Vitória e municípios vizinhos; 2. conceitos envolvendo o espaço público em sua dimensão relacionada à esfera de vida pública e ao cotidiano; 3. análise das características dos espaços livres públicos e privados de Vitória; 4. planejamento e gestão dos espaços livres na região de Vitória e 5. critérios para avaliação e estabelecimento de diretrizes para qualificação do sistema de espaços livres. A fase 6 aqui proposta, visa complementar o estudo dos espaços livres privados abrangendo, além de Vitória, objeto da fase 3, também os municípios vizinhos.

Data de início: 2011-08-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Daniele Goldner Garcia
Coordenador Eneida Maria Souza Mendonça
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910