"A ótica capitalista e o caso da Lagoa Jacuném: Descompassos nas intrincadas relações entre as realidades físicas e funcionais dos espaços."

Nome: Rose Marie Del Fiume Silva
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 27/06/2014
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Milton Esteves Junior Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Gisele Girardi Examinador Externo
Marcio Cotrim Cunha Examinador Externo
Milton Esteves Junior Orientador

Resumo: A relação do homem e a natureza se tornou tortuosa ao longo dos tempos. A busca incessante pelo lucro e acúmulo de capital corrompeu a interação e o convívio harmonioso entre a sociedade e o meio ambiente, levando ao esgotamento dos recursos deste. O avanço em busca de novas áreas para a ocupação territorial intensificou o processo de urbanização. Nesse percurso, os
espaços idílicos foram drasticamente corrompidos pela articulação
indiscriminada do mercado turístico, imobiliário e industrial. Ações que visam o mercado imprimem em cenários naturais, especialmente os litorâneos, drásticas metamorfoses muitas vezes irreversíveis. Como objeto empírico caracterizante desta fenomenologia, este trabalho aborda a lagoa Jacuném, situada no município da Serra, Espírito Santo Brasil, cujo entorno tem sido objeto da citada ocupação, processo que tem sido alavancado em virtude de significativas mudanças na economia capixaba a partir da segunda metade do século XX. O processo de apropriação territorial do município da Serra vem
alterando drasticamente as características dos seus elementos naturais. Diante desse cenário, e a par dos instrumentos legais disponíveis para contenção desse processo devastador, este estudo elenca as impressões sensitivas percebidas no seu objeto empírico. Tais impressões foram correlacionadas às normativas existentes, levantando questões acerca de sua aplicabilidade pela gestão pública e até que ponto esta promove um caráter conciliatório entre o
desenvolvimento de seu território e a preservação dos seus recursos naturais.

Palavras-chave: produção do espaço, urbanização intensiva, planejamento urbano-ambiental.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910