TRAJETÓRIA DO CRESCIMENTO DA CIDADE DE COLATINA

Nome: Vivian Albani
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 10/07/2012
Orientador:

Nome Papelordem decrescente
Clara Luiza Miranda Orientador

Banca:

Nome Papelordem decrescente
Roberto Luís de Melo Monte-Mór Examinador Externo
Carlos Teixeira de Campos Júnior Examinador Externo
Clara Luiza Miranda Orientador

Resumo: Aborda o crescimento urbano de Colatina-ES, município que possui economia e população urbana, e território com maior parte da área rural. As áreas rurais, entretanto, contribuem pouco para a economia do município e estão, em grande parte, ambientalmente degradadas, ociosas e a espera de valorização. O objetivo do trabalho é compreender o crescimento urbano de Colatina, a relação entre o urbano e o rural, e os fatores e as consequências desse crescimento. Para a análise foram levantados projetos de loteamentos, investimentos e intervenções na área urbana e rural. Como cidade média caracterizada pela centralidade e polaridade regional, mas
fora dos principais investimentos no estado, Colatina busca tirar proveito de sua situação de cidade entreposto e da confluência viária para se manter viva na economia regional. A economia do município está baseada no comércio e serviços, mas busca atrair investimentos para a indústria e em logística. A expansão da cidade desde o início da formação segue o sistema viário, que cria uma espacialidade dispersa. As características do crescimento urbano de Colatina são resultado das estratégias de desenvolvimento econômico, dos interesses do mercado imobiliário e de um poder público que abstém do controle urbano. Esses
fatores levam a uma urbanização dispersa que se apresenta onerosa e pouco sustentável para as áreas urbanas e rurais, pois gera segregação socioespacial, maiores custos com infraestrutura, espaços urbanos de baixa densidade e monofuncionais, poluição e agravamento do esgotamento ambiental. Os desafios para um crescimento urbano sustentável em Colatina passam pelo planejamento municipal e regional que qualifique e diversifique suas áreas urbanas, evite a expansão desnecessária do perímetro urbano, recupere suas áreas ambientais
degradadas e potencialize as atividades agropecuárias de forma produtiva e menos agressiva ao meio ambiente.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910