CULTURA ARQUITETÔNICA E PATRIMÔNIO URBANO: A CONTRIBUIÇÃO DO IMIGRANTE GERMÂNICO EM SANTA LEOPOLDINA/ES

Nome: Vera Lúcia Vieira Lima
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 21/05/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Renata Hermanny de Almeida Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Almerinda da Silva Lopes Examinador Externo
Margareth de Castro Afeche Pimenta Examinador Externo
Renata Hermanny de Almeida Orientador

Resumo: Esta pesquisa discute a contribuição do imigrante germânico para a arquitetura urbana no estado do Espírito Santo, em particular para a arquitetura da Área de Proteção do Ambiente Cultural de Santa Leopoldina, conjunto urbano protegido por tombamento estadual (1983). A relevância histórica, urbana e arquitetônica do núcleo urbano de Santa Leopoldina, originalmente sede da Colônia de Santa Leopoldina, instalada em 1857, na região centro serrana do Espírito Santo, pode ser reconhecida por diferentes valores patrimoniais, dentre os quais ser expressão material do encontro de culturas. Imigrantes europeus chegam a partir de meados do século XIX, em busca de nova vida, marcando um novo período na história do território capixaba. Originados na sua maioria da Alemanha e da Itália, junto com portugueses, africanos e indígenas estabelecidos, incorporam saberes à arquitetura precedente. O núcleo urbano da cidade, recorte espacial da pesquisa, apresenta produção arquitetônica, datada do final do século XIX e início do século XX. Neste contexto, considerando a inexistência de estudos dedicados à compreensão da contribuição de imigrantes germânicos para a arquitetura urbana capixaba, busca-se seu reconhecimento (identificação, caracterização, interpretação). Para tanto, adota-se para análise uma abordagem qualitativa, com contextualização histórica, cruzamento e síntese dos conteúdos existentes no documento visual de fontes iconográficas e os textuais de fontes bibliográficas e orais e investigação empírica. Esta metodologia possibilita identificar e caracterizar arquitetonicamente construções remanescentes da ocupação germânica.
Palavras chave: Arquitetura; Patrimônio; Cultura; Imigrante germânico; Santa
Leopoldina.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910